A Blefaroplastia é uma intervenção cirúrgica mais frequente em mulheres, no entanto pode ser feito em homens e mulheres que gostariam de se ver livre das tão indesejadas rugas e papos nos olhos, que tornam o rosto mais velho e com um aspecto cansado. É principalmente procurada por pessoas a partir dos 35 anos de idade, mas poderá ser realizada também em jovens adultos de qualquer idade por motivos de rugas precoces ou simplesmente por não gostarem da aparência dos seus olhos. Este procedimento deve ser feito em clínicas de medicina estética ou hospitais por um cirurgião especializado em medicina estética e durará entre 1 a 2 horas, podendo geralmente voltar para casa no próprio dia.

Os resultados desta cirurgia são evidentes, uma vez que corrige os primeiros e principais sinais de envelhecimento que surgem em torno dos olhos – rugas, papos, excesso de pele, permite também eliminar as rugas tipo “pés de galinha” e problemas associados ao descaimento da sobrancelha. A longo prazo, para manter os resultados da cirurgia os cuidados com a pele do rosto são fundamentais, tais como a aplicação de protector solar elevado, evitar a exposição solar em horas de maior calor ou proteger o rosto com óculos e usar chapéu durante a exposição solar.

Blefaroplastia superior

Para as pálpebras superiores, o excesso de pele e gordura são removidos através de uma incisão escondida na dobra da pálpebra. Se existir um problema de pele descaída, o músculo que a levanta poderá ser apertado.

Blefaroplastia inferior

Neste caso, a gordura e pele das pálpebras inferiores podem ser removidas ou reposicionadas através de uma incisão escondida na superfície interior da pálpebra. O alisamento da pele dessa zona poderá ser alisado na mesma cirurgia. Caso exista excesso de pele na parte inferior, a incisão é feita logo abaixo das pestanas.

Em alguns casos, poderá existir a necessidade de fazer ambas as Blefaroplastias (superior e inferior) no mesmo processo cirúrgico.

* Texto revisto por um médico.

WordPress Lightbox Plugin