AOsonnos - Apneia do Sono

Usar a máscara CPAP pode não ser a sua única solução para a Apneia do Sono e/ou Ressonar
O procedimento AOsonnos, para tratamento da Apneia do Sono e/ou Ressonar, realizado na Extensão Médica por tecnologia de Ultra Som e tecnologia Laser Erbium Yag ou CO2, pode ser para si uma excelente opção alternativa!

AOsonnos – Tratamento médico Extensão Médica.

apneia do sono

  • Tecnologia Laser Erbium Yag
  • Tecnologia Ultra Som
  • Sem cortes nem sutura
  • Só com anestesia local
  • Em apenas 35 minutos
  • Sem internamento nem recobro
  • Sem alterar rotinas diárias

Segurança, Qualidade e Resultados.

Em apenas uma ou duas sessões de apenas 35 minutos, somente com anestesia local, o seu problema de Apneia do Sono e/ou Ressonar poderá tornar-se um acontecimento do passado.
AOsonnos é uma técnica suave, sem recurso a hospitalização, sem cortes e indolor para Apneia do Sono e/ou Roncopatia (Ressonar).
A terapia AOsonnos, usada para o tratamento da Apneia do Sono e/ou Ressonar, é realizada na Extensão Médica exclusivamente por profissionais médicos habilitados e credenciados. A idoneidade, a segurança e a qualidade, são um dos nossos principais princípios.

Mas o que é a Apneia do Sono?

Saiba desde já que cerca de 70% a 85% das pessoas que têm Apneia do Sono Obstrutiva moderada ou severa, não fizeram ainda uma consulta e um diagnóstico especializado, e não recebem por isso tratamento adequado.

Numa situação de Apneia do Sono, quando o fluxo de ar pára durante o sono, o nível de oxigénio no sangue baixa. O nosso cérebro irá por isso responder com breves distúrbio no sono, suficientes para dificultar e reiniciar a respiração – resumidamente um barulho provocado pela asfixia e arfar da respiração. Quando sofremos de Apneia do Sono obstrutiva, não iremos provavelmente recordar-nos destes episódios que ocorrem durante o sono.

A Apneia do Sono afeta a forma como respiramos enquanto dormimos. Quando não é seguida uma terapia adequada, a respiração é interrompida por breves momentos ou torna-se baixa durante o sono. Esta pausa na respiração pode durar poucos segundos ou ultrapassar mesmo (1) minuto, e pode ocorrer por mais de 30 vezes por hora durante a noite, que identifica uma Apneia do Sono grave.

Quando a Apneia do Sono não é tratada, isso impede-nos de ter uma boa noite de sono. Quando a respiração tem pausas, somos empurrados para fora do nosso ritmo natural de sono. Consequentemente, com o problema da Apneia do Sono será despendido mais tempo em sono superficial e menos tempo em sono profundo, sono reconstituinte e necessário para um novo dia energético, produtivo e mentalmente inteligente.

Esta privação crónica do sono causada pela Apneia do Sono, tem como resultado, uma pobre concentração, reflexos lentos, cansaço e sonolência, e um risco aumentado de acidentes. A Apneia do Sono pode originar sérios problemas para a nossa saúde, como diabetes, pressão arterial alta, doenças de coração, apoplexia e aumento de peso. Por isso e com adequado tratamento, é pois possível controlarmos os sintomas, voltar a termos o s sono normalizado, e uma melhor qualidade de vida.

Apneia do Sono e Sintomas.

A Apneia do Sono pode ter muitas consequências bem conhecidas. Desde logo, conforme já estará a pensar, interrompe o sono. As pessoas com sono interrompido não se conseguem concentrar, pensar, ou recordar-se com qualidade durante o dia. Este facto tem demonstrado que estas pessoas estão mais propensas a ter acidentes no trabalho ou enquanto conduzem. Dormir durante o dia, fadiga, dores de cabeça, irritabilidade, insónia e pouca memória e atenção são alguns de outros sintomas associados à Apneia do Sono, como o resultado de se ter dormido insuficientemente.

apneia

Principais Sintomas AOS

apneia do sono

  • Ressonar alto e crónico;
  • Asfixia durante o sono;
  • Soprar forte durante o Sono;
  • Pausas durante a respiração;
  • Sonolência durante o dia;
  • Acordar com a garganta seca;
  • Irritabilidade ou depressão.

Alguns Riscos AOS

apneia do sono

  • Ataque cardíaco;
  • Doenças do coração;
  • Pressão arterial alta;
  • Diabetes;
  • Aumento peso;
  • Hipertensão pulmonar;
  • Menor produtividade no trabalho.

O Diagnóstico.

Polissonografia (Estudo do Sono)

Cada paragem respiratória é chamada de Apneia do sono, podendo ter uma duração de alguns segundos ou ultrapassar mesmo (1) um minuto. Existe um outro episódio respiratório superficial anormal similar que é chamado de Hipoapneia.

Para um correto e adequado diagnostico à existência, ao tipo e ao grau de gravidade da Apneia do Sono, para além de diferentes indicadores resultantes da consulta médica de avaliação, é necessário realizar um Estudo Polissonográfico do Sono (EPS) ou um Estudo Poligráfico Cardiorrespiratório do Sono, em hospital/clínica ou em domicílio, ambos também denominados de “estudo do sono”.

Na Extensão Médica, o exame de Polissonografia “estudo do sono” é realizado em domicílio, em ambiente familiar e habitual, permitindo assim um registo normalizado de sono do paciente.

CPAP – “State of Art” terapêutico.

A terapia mais comum e mundialmente aceite para o problema de Apneia Obstrutiva do Sono é a máquina CPAP (continuous positive airway pressure – pressão contínua positiva do fluxo de ar). O paciente usa uma máscara na face e o ar é forçado a uma pressão que excede a pressão de abertura do fluxo de ar, permitindo ao paciente respirar sempre. É como um pequeno aspirador a trabalhar ao contrário, que aplica suficiente pressão de ar para forçar o fluxo de ar.

O CPAP pode ajudar assim ajudar os pacientes, levando ao melhoramento da sua qualidade de vida, à diminuição da sensação de sono e ao baixar da pressão sanguínea.

O CPAP é contudo uma máquina que pode infelizmente causar algum ou mesmo muito desconforto ao paciente, e tem muito provavelmente de ser usada para sempre, pois o CPAP não tem nenhuma ação na principal causa que determina a Apneia do Sono, e sem recorrer ao seu uso permanente, o paciente votará a ter os mesmos episódios de apneia de sono que tinha anteriormente.

Por outro lado, usar uma máscara CPAP durante o sono pode ser claustrofóbico, desconfortável, embaraçoso e inconveniente, e entrelaçar-se no tubo pode ser irritante. O ar é muito seco, pode causar renite, escorrer água do nariz, nariz tapado e irritação nasal. Mesmo quando a máscara é usada corretamente, a sensação do fluxo de ar é muitas vezes descrito como pôr a cabeça fora de um carro a 50 km/h. Os pacientes sentem muitas vezes que a humidade da maquina é muito perturbadora. A máquina para Apneia do Sono tem de ser limpa regularmente, mas poucos pacientes o fazem. Assim, enquanto por um lado é aceite como solução de extrema eficácia, traz por outro lado alguns inconvenientes que não são por vezes suportáveis pelos pacientes.

Entre muitas bibliografias sobre o uso do CPAP, damos como exemplo a publicação na revista Respiratória Canadiana, onde se menciona que na avaliação a 80 pacientes para determinar o uso prolongado do CPAP para a Apneia do Sono, os autores concluem que “muito embora muitos pacientes com Apneia Obstrutiva do Sono tenham tido benefícios e aderido ao tratamento com CPAP, uma outra e significante proporção desses pacientes, ou não iniciaram o tratamento ou desistiram da terapia.

Bibliografia:

Long-term compliance with continuous positive airway pressure in patients with obstructive sleep apnea